A La Gloire Du Grand Architecte De L'Univers

A LOJA

A LOJA

Estandarte & Timbre

 

O estandarte da loja é disposto em um quadrilongo, como um Templo para o trabalho. Suas medidas respeitam a proporção áurica, norma da construção do mundo. Seu fundo é em ciano (azul) e todas as inserções em ouro.

Da base até a altura de 2/3 erguem-se as grandes colunas do Templo, exibindo seus capitéis na proporção de 5 em 40 côvados, sem qualquer signo nelas inscrito. Estas marcam o espaço de trabalho diretamente do homem e limitam a área onde as mãos humanas são corresponsáveis na criação. De sua linha final parte o triangulo do espírito, que entrelaçado com o da matéria forma o sagrado hexagrama, emblema de toda vitória e esplendor, do maior de todos os mistérios, sobre o qual é necessário calar. É neste símbolo que se encerra a almejada evolução do homem, é o novo ser a ser edificado.          

Completando a composição do portal dentre os mundos vê-se a antiga saudação gloriosa dos maçons, disposta em arco, sob a língua franca e adaptada ao ofício. Sua saudação está completa e refinada pela tradição esotérica cristã, tão cara ao Rito Escocês Retificado. Abaixo de seus caracteres hebraicos está a forma em língua portuguesa da manifestação luminosa e reintegradora, que rege a atuação nesta oficina.

Abaixo do sagrado hexagrama estão três estrelas pentagonais, reunidas, em um só brilho, designando a origem da Grande Luz que se transmuta e manifesta na Luz Menor dos homens. Outros dois conjuntos trinos estão dispostos em esquadria. Um ilumina o elemento central, uma escada, cujos antigos sete degraus formam o eixo e via de evolução, de subida e descida dos seres santos, de evolução do homem e de chegada dos altos coros. O segundo conjunto em esquadria ilumina as antigas colunas, e nesta disposição cobrem-se, instruindo os caminhos das sendas.

Na porção inferior da escada, como chave de seu acesso, está a divisa do próprio rito e da gnose cristã: ET TENEBRAE EAM NON COMPREHENDERUNT. Ainda abaixo estão a data de fundação desta augusta oficina e o campo território em que é incrustada pelo plano celeste.

 

O timbre da loja é seu selo oficial e atesta seu testemunho e concessão de poder. Centralmente constituí-se de um hexagrama, ou seja, dois triângulos entrelaçados e em direções opostas. Deste símbolo pouco cabe nas linhas teóricas, pois é a representação de um dos maiores arcanos já descobertos pelos homens e escondido em suas escolas de mistérios. Nele está o segredo do maior poder de toda a criação. Nos quadrantes, principiando pelo nordeste, e em sentido anti-horário, estão dispostas as letras hebraicas YOD, HE, VAV e HE, que formam o antigo nome JEOVÁ, síntese das quatro emanações da Fonte, e estágios da criação. Ao centro estão alinhados verticalmente o compasso, a letra hebraica SHIN e o esquadro. O espírito vivente é representado pelo SHIN entre as ferramentas do ofício do maçom, animando desde a porção superior até a porção inferior do mesmo ser, fazendo-o integrado.

Acima da estrela, sobre o vértice do espírito, está a fonética portuguesa do nome santo, que em seu refino é o da loja: YESHOUÁ, estando a letra H, com todo seu mistério, exatamente ao centro, regendo toda a operação de que o símbolo se forma e emana. A letra H possui diversos e extensos significados no rito, tais como a inicial do nome Hiram e a quinta letra do alfabeto hebraico (denotando a quintessência vivificante). Este H também é símbolo da letra e poder HE (explicada acima), que simboliza o homem, e por intermédio disto ele é parte do nome do Pai, como ensina o Zohar. Este H, ainda como HE, é a possibilidade da aliança estabelecida – Ha-Berith. E assim chega a outro personagem: Abraham. O mesmo signo marca a presença e ação do Sopro Divino; a insuflação de Ruach Elohim, como ensinado no Gênesis 2,7. Esta simbologia está intimamente ligada e adverte também para as posições inferiores de HE e VAV, cujas marcas são também as portas abertas pela aliança, o futuro eterno e a morte. No começo, esta letra marcou Ha-Adam, e deverá marcar cada Adão menor, os pedreiros desta obra, em sua via de reintegração. Isto é possível, pois o mesmo H também é o Espírito, Neshamah, que deve ser acessado se o homem cruza pela porta certa.

Abaixo do vértice inferior vê-se a data de fundação da oficina 18.03.2017, e abaixo o nome da nação onde habita, BRASIL. Com isto o vértice inferior toca o número 3, rememorando que são três os elementos de constituição da matéria e do próprio homem. Do mesmo modo, é na porção inferior que vemos o tempo e o espaço onde esta obra se manifestou para a maior glória do Grande Arquiteto do Universo.